Mulher com vape

CIGARROS ELETRÔNICOS - UMA INTRODUÇÃO COMPLETA

CIGARROS ELETRÔNICOS - UMA INTRODUÇÃO COMPLETA

Por Vaporez

Todos já se perguntaram do que se trata esse tal de vape. Perguntas como: o que é um Mod? O que é um Pod? O que tem dentro do Juice (essência)? E afinal qual o mais saudável?

E a grande pergunta, como o mundo dos vapes ajudou tantas pessoas a parar de fumar? O artigo a seguir vai responder essas e outras perguntas, boa leitura!

Talvez você já tenha ouvido conhecidos e amigos falando sobre grandes marcas como Vaporesso, Voopoo, Ignite e até Nikbar, correto?

Originalmente chamados de cigarros eletrônicos, esses aparelhos passaram a ser uma alternativa mais segura ao tabagismo tradicional e vieram para servir de auxílio aos que desejam diminuir o consumo ou até parar por completo de fumar.

Atualmente estes dispositivos eletrônicos tem diversas opções, para diversos gostos, não somente no sabor, mas também na sensação e na quantidade de nicotina que há dentro do juice, que pode ser até sem nicotina!

Portanto, essa é a primeira e mais importante diferença entre os cigarros eletrônicos e os tradicionais. Que acabam não contendo as mais de 4000 substâncias cancerígenas e o nível de nicotina que os cigarros normais tem.

Isso traz uma maior segurança à saúde das pessoas, pois ela decide quanto deseja de nicotina, mantendo a mesma sensação física da inalação do tabaco.

Essa é uma das razões pelas quais os vapes e pods já ajudaram milhões de pessoas em todo o mundo a parar de fumar. 

Outro fator que é alvo de estudo é o pouco conhecido “Hábito de fixação oral”, o qual se refere ao vício que está mais associado ao ato de fumar, do que a própria nicotina.

Então é por isso que tantos fumantes tentam parar de fumar usando chiclete (com ou sem adição de nicotina) e também o motivo pelo qual pessoas que pararam de fumar, se alimentam mais e melhor (também porque a nicotina é um inibidor da fome).

Diferente destas formas comuns, o ato de usar os Vapes ou Pods é chamado de vaporizar, assim como quando a água evapora.

A função básica destes dispositivos é bastante simples. Usar uma fonte de energia (geralmente uma bateria de íon-lítio) para passar energia a um atomizador, que aquece o juice e faz virar vapor.

Quanto aos tipos de atomizadores, eles variam muito, à medida que a indústria tem avançado muito desde seu início em 2003. Onde diversos atomizadores já foram criados, sendo eles descartáveis ​​simples, atomizadores com elementos de aquecimento substituíveis e, no nível superior, atomizadores de reconstrução, onde o usuário realmente cria seu próprio elemento de aquecimento e conjunto de material absorvente. Conhecido pelo termo “buildar” sua própria coil e algodão.

Junto com o atomizador se utiliza normalmente algum tipo de tanque, no qual o atomizador é encaixado em cima. Isso ajuda a melhorar a experiência com o aparelho, se tornando mais conveniente, pois o vape juice pode ficar armazenado nesse tanque e alimentar diretamente o atomizador, permitindo que a pessoa vaporize por dias (dependendo do nível de uso) sem necessidade de comprar outro juice ou ficar mexendo no dispositivo.

E claro, existem muitas formas e opções de tanques no mercado, com diversos recursos, tecnologias e aplicações. 

Então, o que vai dentro deste "Juice/Essência"?

Esta questão já gerou muita controvérsia nos últimos anos. Principalmente entre o lado que é anti-nicotina e tabaco e as grandes empresas da indústria do tabaco, pois o status do mercado destes dispositivos e juices ainda não é bem regulamentado, fazendo com que exista uma infinidade de estudos falsos e mentirosos sobre o uso dos vapes.

Havendo assim muita confusão e desinformação sobre o que realmente há dentro de um Juice, algo que é realmente simples! A formula de uma essência é composta por apenas 4 componentes principais, sendo eles:

Nicotina: a nicotina é um ingrediente opcional no Juice. Muitos usuários reduzem lentamente a quantidade de nicotina em seu líquido para “diminuir” o hábito, e muitos tiveram grande sucesso ao fazê-lo, largando por completo não somente o cigarro, como também os dispositivos.

Propilenoglicol - PG: é usado como transportador de sabor em muitos produtos alimentícios. Também é usado em corantes alimentares e como aditivo em alguns medicamentos.

PG é considerado pelo FDA (Órgão regulamentador dos EUA) como seguro para o consumo humano, portanto não é tóxico! O PG vendido em juices de nossa loja são de grau USP. 

Glicerina Vegetal - VG:  É um líquido doce, espesso e com base vegetal. Tem muitos usos comerciais e pode ser facilmente encontrado e comprado no balcão de qualquer supermercado normal.

O VG é considerado pelo FDA como seguro para consumo humano, ou seja, não é tóxico para nós. O VG vendido em juices de nossa loja são de grau USP. 

Aromatizantes: O mercado de e-juices usa aromatizantes, principalmente da indústria alimentícia. Isso significa que esses aromatizantes também foram considerados pelo FDA como seguros para consumo humano.

Há uma grande variedade de sabores disponíveis para uso em cigarros eletrônicos. Qualquer coisa, desde tabaco, café e até sorvete! Você pode ver todos os produtos aqui em nossa loja!

Todos esses componentes se combinam para formar o juice ideal para você. Muitos testes foram feitos ao longo dos anos e o resultado geral é que a vaporização é uma alternativa muito mais saudável aos cigarros de tabaco tradicionais.

E quando usados ​​corretamente, os cigarros eletrônicos e as essências têm o potencial de salvar milhões de vidas em todo o mundo. 

Infelizmente, alguns fabricantes podem não cumprir os padrões gerais apresentados pela maioria, mas qualquer fabricante de e-juices respeitável tem padrões de alta qualidade e pureza não apenas para seus ingredientes, mas também para seus processos de mistura e fabricação.

E nós da Vaporez.com trabalhamos apenas com as melhores marcas, que tenham as melhores referências e reputação. Você pode ver todos nossos e-líquidos clicando aqui!

E afinal, o que é isso de mods, pods e todos estes entusiastas do mundo vape?

A revolução turbulenta mudou a vida de muitas pessoas. Sendo que para a maioria, vaporizar é uma fuga do hábito perigoso e desagradável de fumar, mas para alguns, tornou-se um hobby.

E este hobby, ou melhor dizendo, estilo de vida! Surgiu logo após o primeiro grande salto na tecnologia destes dispositivos.

Onde apareceram uma ampla gama de dispositivos de ponta (mods) e também recursos personalizáveis ​​que trouxeram uma nova base de fãs underground para o mundo do vapor mais comercial. 

Esses dispositivos permitem que o usuário construa suas próprias coils (resistências) e use qualquer material absorvente que desejar, normalmente pela qualidade e experiência acaba sendo o algodão orgânico.

Após isso, os vapers colocam esses atomizadores construídos em dispositivos de alta potência que fornecem grandes quantidades de vapor! Permitindo que você diminua seu nível de nicotina devido ao maior volume de vapor de ingestão, de forma que seu vapor seja muito mais saboroso e prazeroso.

Essa capacidade de personalizar totalmente a experiência de vaporização levou a um grande número de entusiastas e novas pessoas a se apaixonarem pelo mundo dos vapes e pods.

Isso é realmente tudo que há saber?

Este artigo serve apenas como uma introdução para um mundo muito grande e variado como é a indústria dos vapes.

Ainda existem muitas informações sobre os tópicos associados à vaporização, que você pode encontrar dentro de nosso Blog!

Caso você tiver mais perguntas, nos envie uma mensagem através de um de nossos canais de atendimento:

WhatsApp: (47)99613-9595

Instagram: vaporez.oficial

Email: contato@vaporez.com

Um grande abraço!

Luis Velasquez;

Equipe Vaporez.com